Um país a base de greves

Não entendo como um país praticamente auto-suficiente em termos de combustível e alimentação, tenha preços absurdos.

Não entendo porque deixamos estrangeiros ditarem os preços de nossos produtos.

Não entendo porque nossos produtos de exportação são cotados em moeda estrangeira.

Um país com os encargos sociais mais caros do mundo. Um país que retém seu dinheiro, exemplo: FGTS. Onde tem que haver pelo menos uma condição a ser satisfeita, para que você possa retirar o que é seu.

Um país onde dizem que a democracia é um direito, mas se não votamos, somos multados.

Um país que jamais elegerá um pobre para a presidência ou senado ou câmara dos deputados.

Um país com muitas placas de igreja (vulgo casas de oração), mas também muito egoísmo, muito preconceito. Por ser um país cuja cultura se apoia muito nas doutrinas católica e evangélica, sua educação se baseia no repúdio ao homossexualismo.

Um país em que milhões são investidos em futebol, mas reclamam quando se fala em aumento de impostos.

Um país que leva o melhor para fora e deixa o bagaço aqui dentro e, quando é bom, normalmente é bem caro.

Um país que para tudo tem um jeitinho (gato em água, luz, telefone, tv a cabo e internet).

Um país que deixa o pobre ainda mais pobre e o que tem recursos, com mais recursos ainda.

Mas também é um país lindo. Com ótimos lugares para se viver, visitar… Lindas pessoas para conhecer e aproveitar a vida.

Um país com pessoas receptivas e amorosas.

Que país é esse?

Resposta: Brasil.

Sobre vitorcrdias

Quase um analista de sistemas formado. Atualmente desenvolvedor autônomo com experiência em: Java, JavaScript, HTML, CSS, C#, Python, Haskel, ASP.net. Plataformas web, desktop e mobile. Apaixonado por jogos de FPS, Corrida e luta. Amo ver filmes online grátis. Interessado em conteúdos Hacker.
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *