Fim da condução coercitiva

Sou pró democracia, mas em time que está ganhando não se mexe. A condução coercitiva era uma ferramenta muito útil para obrigar alguém a depor contra a vontade sob o risco de ser preso por falsidade ideológica e obstrução da justiça.

Agora o STF que tanto utilizou o recurso, diz ter eliminado o mesmo por ser antidemocrático. Então cabe ao mesmo eliminar a obrigatoriedade do exercício do voto direto e indireto, pois tudo o que reflete obrigação, significa ser não democrático. Deveria eliminar a obrigatoriedade de prestar serviços militares, pois implica ser um dever e não um direito.

Acredito que o STF deu tiro no próprio pé, pois agora, outras coisas entrarão na pauta. E será mais difícil dar andamento em processos de julgamento. (“Avança Brasil!?”)

Sobre vitorcrdias

Quase um analista de sistemas formado. Atualmente desenvolvedor autônomo com experiência em: Java, JavaScript, HTML, CSS, C#, Python, Haskel, ASP.net. Plataformas web, desktop e mobile. Apaixonado por jogos de FPS, Corrida e luta. Amo ver filmes online grátis. Interessado em conteúdos Hacker.
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *